Entrada em mercados estrangeiros: análise de viabilidade de uma pequena empresa do setor da construção civil

Abstract views: 36 / PDF downloads: 20
Palavras-chave: Internacionalização de pequenas empresas, Viabilidade de entrada em mercado estrangeiro, Pequenas empresas do setor de construção civil, Empreendedorismo internacional

Resumo

Este estudo tem como questão central identificar de que maneira uma pequena empresa brasileira do setor da construção civil deve ingressar no mercado estrangeiro/boliviano. Assim, o objetivo central foi verificar e explorar como as teorias de internacionalização de empresas são capazes de auxiliar nesta tomada de decisão. A metodologia empregada é qualitativa, descritiva, realizou-se um estudo de caso com uso de entrevista, pesquisa bibliográfica e documental. Os resultados apontaram que a avaliação comparativa dos principais modelos de internacionalização de empresas implicou em responder cinco questões básicas: por quê, o quê, quando, onde e como as empresas desejam se internacionalizar e o processo de seleção por exclusão indicará o melhor caminho para a decisão. Para a empresa analisada, o modelo de empreendedorismo internacional se destacou como uma sugestão para a internacionalização e as etapas indicadas por esta teoria, as mais apropriadas. O trabalho contribui no sentido de iluminar a tomada de decisão por meio de um instrumento simplificado elaborado por esta pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BERBERT, C. F. Reduzindo o custo de ser estrangeiro: o apoio do Itamaraty à internacionalização de empresas brasileiras. Brasília: FUNAG, 2018.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Coleção ciências da educação. Tradutores: M. J. Alvarez, S.B. dos Santos e T. M. Baptista. Porto Editora. Porto: Portugal, 1994.

BRITO, V. F.; OLIVA, F. L. Razões e estratégias de internacionalização da construtora Odebrecht. Revista de Administração FACES Journal, v. 8, n. 3, p. 13-27, jul./set., 2009. Disponível em: http://www.fumec.br/revistas/facesp/article/view/152/149. Acesso em: 19 abr. 2022.

CARNEIRO, J.; DIB, L. A. Avaliação comparativa do escopo descritivo e explanatório dos principais modelos de internacionalização de empresas. Internext: Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 1-25, jan./jun., 2007. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/5575/557557865002.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

CBIC. Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Sondagem indústria da construção, v. 11, n. 9, set., 2020. Disponível em: http://www.cbicdados.com.br/media/anexos/-Set20Sond.pdf. Acesso em: 31 out. 2020.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Corumbá. IBGE cidades. 2019. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ms/corumba/panorama. Acesso em: 24 abr. 2020.

GAZQUEZ, A. H.; MACHADO, H. P. V. Motivadores da Internacionalização de Pequenas Empresas de Software: Um Estudo Multi Casos nos Contextos Brasileiro e Espanhol. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 18, n. 2, p. 261-280, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.21529/RECADM.2019011. Acesso em: 19 abr. 2022.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

JERÓNIMO, M. P. Busines plan: uma empresa portuguesa do setor de construção no mercado Moçambicano, 2011. Dissertação (Mestrado em Business Administration) - Faculdade de ciências económicas e empresariais. Universidade Católica Portuguesa, Lisboa, 2011. Disponível em: https://repositorio.ucp.pt/handle/10400.14/11867. Acesso em: 19 abr. 2022.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

LIMA, G. B.; NEVES, M. F.; CASTRO, L. T.; CARVALHO, D. T. Consórcio de Exportação como alternativa de pequenas e médias empresas: um estudo de caso na cadeia têxtil. Revista de Gestão, v. 15, n. 2, p. 1-18, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.5700/issn.2177-8736.rege.2008.36634. Acesso em: 19 abr. 2022.

LUCIAN, R.; OLIVEIRA, B. R. B. Como as corporações se internacionalizam? Uma análise dos modos de entrada sob a perspectiva dos países emergentes. Revista Administração em Diálogo, v. 10, n. 1, p. 47-65, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.20946/rad.v10i1.1601. Acesso em: 19 abr. 2022.

MATOS, E. L.; VIANA, L. S.; OLIVEIRA, V. L. S. Internacionalização das empresas brasileiras: como potencializar as oportunidades e enfrentar desafios. C@LEA: Cadernos de Aulas do LEA, n. 4, p. 16-29, nov. 2015. Disponível em: https://periodicos.uesc.br/index.php/calea/article/view/2628. Acesso em: 19 abr. 2022.

MENDONÇA, A. T. B. B.; CUNHA, S. K. Acumulação de capacidade tecnológica em empresas internacionalizadas e não internacionalizadas de um sistema setorial de inovação. Espacios, v. 32, n. 3, p. 34-35, 2011. Disponível em: https://www.revistaespacios.com/a11v32n03/113203131.html. Acesso em: 19 abr. 2022.

PENG, Y. Internacionalização Empresarial: o caso da Sogrape e o caso da Jereh, 2014. Dissertação (Mestrado em Marketing) - Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Coimbra, 2014. Disponível em: https://estudogeral.sib.uc.pt/bitstream/10316/27355/1/Tese.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

PINHEIRO, A. C. S. Novos caminhos: mudanças para alavancar o comércio exterior brasileiro. Revista Brasileira de Comércio Exterior da FUNCEX, v. 34, n. 142, p. 2-4, jan./mar., 2020. Disponível em: http://www.funcex.org.br/publicacoes/rbce/material/rbce/rbce142_FuncexData.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

SANTOS, C. P. Fatores determinantes da estrutura de capital de empresas do setor da construção civil, 2013. Dissertação (Mestrado em Finanças Empresariais) - Faculdade de Economia da Universidade de Algarve, Faro, 2013. Disponível em: https://sapientia.ualg.pt/handle/10400.1/7035. Acesso em: 19 abr. 2022.

SANTOS, L. B. Políticas públicas e internacionalização de empresas brasileiras. Sociedade & Natureza, v. 27, n. 1, p. 37-52, jan./abr., 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982-451320150103. Acesso em: 19 abr. 2022.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, 2021. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/lei-geral-completa-10-anos-e-beneficia-milhoes-de-empresas,baebd455e8d08410VgnVCM2000003c74010aRCRD . Acesso em: 19 abr. 2022.

SILVA, A. J. H. Metodologia de pesquisa: conceitos gerais. Unicentro: Paraná, 2014. Disponível em: http://repositorio.unicentro.br:8080/jspui/bitstream/123456789/841/1/Metodologia-da-pesquisa-cient%C3%ADfica-conceitos-gerais.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

SILVA, R. C. M.; CHAUVEL, M. A.; BERTRAND, H. Internacionalização de pequenas empresas: um estudo de caso com uma empresa brasileira de tecnologia. Gestão & Regionalidade, v. 26, n. 76, art. 59, p. 43-62, 2010. Disponível em: https://doi.org/10.13037/gr.vol26n76.199. Acesso em: 19 abr. 2022.

SUEN, A, S.; KIMURA, H. Fusão e aquisição como estratégia de entrada (entre mode) no mercado brasileiro. Caderno de Pesquisas em Administração, v.2, n. 5, p. 53-60, 1997. Disponível em: http://suen.com.br/papers/fusao_e_aquisicao_1997.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

STEINBRUCH F. K. et al. As Variáveis Relacionadas à Escolha do Modo de Entrada em Mercados Internacionais. Revista de Administração de Roraima-UFRR, v. 6 n. 1, p. 245-270, jan./jun., 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.18227/2237-8057rarr.v6i1.3172. Acesso em: 19 abr. 2022.

TERRA, A. et al. O Caso Sementys: Semeando o Futuro. Revista Gestão Organizacional, v. 12, n. 4, p. 155-171, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.22277/rgo.v12i4.4458. Acesso em: 19 abr. 2022.

VIANNA, N. W. H.; PISCOPO, M. R.; RYNGELBLUM, A. Internacionalização da pequena e média empresa brasileira: o caso da indústria de máquinas-ferramenta. BASE - Revista de Administração e Contabilidade da UNISINOS, v. 10, n. 3, p. 210-223, 2013. Disponível em: https://doi.org/10.4013/base.2013.103.02. Acesso em: 19 abr. 2022.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução Daniel Grassi. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Publicado
2022-06-03
Como Citar
Vasquez, I. C., Goncalves, C., & Thiago, F. (2022). Entrada em mercados estrangeiros: análise de viabilidade de uma pequena empresa do setor da construção civil. Revista Catarinense De Economia, 5(1), 58-69. https://doi.org/10.54805/RCE.2527-1180.v5.n1.108
Seção
Artigos