Diálogo social e neoliberalismo: um estudo comparado da origem dos Conselhos Econômicos e Sociais na Espanha, em Portugal e no Brasil

Abstract views: 61 / PDF downloads: 19
Palavras-chave: Conselho Econômico e Social, diálogo social, neoliberalismo, Brasil, Espanha, Portugal

Resumo

O Conselho de Desenvolvimento Econômico Social (CDES) foi criado no Brasil em 2003. Esse arranjo promotor da participação social nas decisões governamentais pode ser visto como uma novidade institucional no país, entretanto, conselhos como esse já haviam sido criados em outros países e influenciaram a estruturação da instituição brasileira. Para melhor compreender sua origem e atuação, este artigo reconstitui os contextos de criação dos Conselhos Econômicos e Sociais da Espanha e de Portugal e os compara ao da criação do CDES brasileiro. A perspectiva histórica permite enxergar nas experiências dos países ibéricos uma tentativa de resgatar o diálogo social depois de longevas ditaduras, todavia, serviram também para reiterar reformas econômicas liberais no contexto da integração europeia. A experiência brasileira resultou da proposta de um novo pacto social, em tese crítico da política econômica neoliberal implantada na América Latina nos anos 1990, mas também acabou por conferir-lhe institucionalmente maior legitimidade social. Em síntese, em que pesem as diferenças em cada caso, a reconstituição da origem dos conselhos acima referidos revela a tentativa comum de estabelecer um diálogo social, mas também a necessidade, por parte dos governos responsáveis por sua implantação, de legitimar a adoção de políticas econômicas neoliberais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AVILÉS, Antonio Ojeda. ¿Que Consejo Economico y Social? In: AVILÉS. [et al.] Los Consejos Económicos y Sociales. Madrid: Editorial Trotta, 1992.
AVRITZER, Leonardo. Um Balanço da Participação Social no Brasil Pós-Constituição de 1988. In: AVRITZER, Leonardo. Experiência Democrática, Sistema Político e Participação Popular. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2013.
AVRITZER, Leonardo; SANTOS, Boaventura de Sousa. Para ampliar o cânone democrático. In: SANTOS, Boaventura de Sousa (org.) Democratizar a democracia: os caminhos da democracia participativa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.
BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Os três ciclos da sociedade e do estado. Perspectivas, v.41, p. 13-51, jan./jun. 2012.
CORREA, Jaime Montalvo. A Experiência do Conselho Econômico e Social Espanhol: funções e estrutura. In: CORREA. [et al.] Novos Espaços Democráticos: diálogo social no Brasil e a experiência da Espanha. São Paulo: Fundação Perseu Abramo (Col. Cadernos da Fundação Perseu Abramo), 2003.
DINIZ, Eli e BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Os empresários industriais brasileiros depois do fim da hegemonia neoliberal. Texto para Discussão n. 321, EESP/FGV, São Paulo, Abril, 2013.
FERREIRA, António Cassimiro. Diálogo Social: Notas de Reflexão Europeia e Portuguesa. In: ESTANQUE. [et. al.] Mudanças no Trabalho e Ação Sindical: Brasil e Portugal no Contexto da Transnacionalização. São Paulo: Cortez, 2005.
GENRO, Tarso. Democratizar as relações entre governo e sociedade. In: CORREA. [et al.] Novos Espaços Democráticos: diálogo social no Brasil e a experiência da Espanha. São Paulo: Fundação Perseu Abramo (Col. Cadernos da Fundação Perseu Abramo), 2003.
GÓMEZ, Antonio Santana. El Consejo Economico y Social Español. In: AVILÉS. [et al.] Los Consejos Económicos y Sociales. Madrid: Editorial Trotta, 1992.
INTERLOCUCIÓN social en el marco de la Constitución. CAUCES: Cuaderno del Consejo Económico y Social. Madri/Espanha, nº 6-7, p. 20-33, 2008.
KOWARICK, Lúcio. O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social: Um Processo em Construção. Finalizado em 31/12/2003. Disponível em: . Acessado em 13 de janeiro de 2015.
KUNRATH, Romerio Jair. Os Contextos de Origem e de Criação dos Conselhos Economicos e Sociais da Espanha e do Brasil em Perspectiva Comparada. In: 4º Congresso Uruguaio De Ciência Política – “La Ciencia Política desde el Sur”, 2012, Montevideo. Associação Uruguaia de Ciência Política. Disponível em: . Acessado em 02 de novembro de 2014.
LIMA, Maria da Paz Campos e NAUMANN, Reinhard. Pactos Sociais em Portugal: da legitimação de projectos políticos globais à negociação de reformas das “relações industriais”? In: IV Congresso Português de Sociologia – Sociedade Portuguesa – passados recentes/futuros próximos, 2000, Coimbra. Associação Portuguesa de Sociologia.
LOPES, Ernâni Rodrigues. Concertação Social e Política Económica o Caso Português 1974-1992. In: Conselho Económico e Social. Os Acordos de Concertação Social em Portugal (I – Estudos). Lisboa: Conselho Económico e Social, 1993.
MARUGÁN, Francisco Fernández. Pactos Sociais na Espanha. In: CORREA. [et al.] Novos Espaços Democráticos: diálogo social no Brasil e a experiência da Espanha. São Paulo: Fundação Perseu Abramo (Col. Cadernos da Fundação Perseu Abramo), 2003.
PAULA, Ana Paul Paes de. Administração Pública Brasileira entre o gerencialismo e gestão social. Revista de Administração de Empresas, V. 45, N. 1, p. 36-49, jan./mar. 2005.
SANTOS, Boaventura de Sousa. Teses para a renovação do sindicalismo em Portugal, seguidas de um apelo. In: ESTANQUE. [et. al.] Mudanças no Trabalho e Ação Sindical: Brasil e Portugal no Contexto da Transnacionalização. São Paulo: Cortez, 2005a.
SANTOS, Boaventura de Sousa. A crítica da governação neoliberal: O Fórum Social Mundial como política e legalidade cosmopolita subalterna. Revista Crítica de Ciências Sociais, v. 72, p. 7-44, Out. 2005b.
SANTOS, Theotonio dos. Em busca de uma nova aliança política para o desenvolvimento. In: MARTINS, Paulo Emílio Matos; PIERANTI, Octavio Penna. Estado e Gestão Pública – Visões do Brasil Contemporâneo. 2.ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.
SECCO, Lincoln. Introdução: A Transição Democrática na Espanha. In: CORREA. [et al.] Novos Espaços Democráticos: diálogo social no Brasil e a experiência da Espanha. São Paulo: Fundação Perseu Abramo (Col. Cadernos da Fundação Perseu Abramo), 2003.
SILVA, Luis Inácio Lula da. Carta ao Povo Brasileiro. 2002. Disponível em:. Acesso em: 15 maio 2015.
SOFIA, Julianna. Mercado desconfia de Lula injustamente, diz Sardenberg. Out. 2002. Disponível em: . Acesso em: 17 de maio de 2015.
THEUER, Daniela; BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Um Estado novo-desenvolvimentista na América Latina? Economia e Sociedade, v. 21, número especial, p. 811-829, dez. 2012.
VEGARA, Antonio Gutiérrez. A Concertação Social na Espanha a partir da Transição Democrática. In: CORREA. [et al.] Novos Espaços Democráticos: diálogo social no Brasil e a experiência da Espanha. São Paulo: Fundação Perseu Abramo (Col. Cadernos da Fundação Perseu Abramo), 2003.
Publicado
2022-06-03
Como Citar
Carneiro, A. P., & Fontelas Rosado Gambi, T. (2022). Diálogo social e neoliberalismo: um estudo comparado da origem dos Conselhos Econômicos e Sociais na Espanha, em Portugal e no Brasil. Revista Catarinense De Economia, 5(1), 3-12. https://doi.org/10.54805/RCE.2527-1180.v5.n1.102
Seção
Artigos