Criação de um indicador síntese para o acompanhamento da evolução do produto agropecuário de Santa Catarina

  • Arlei Fachinello UFSC
Palavras-chave: Agropecuária, Indicador de valor adicionado, Santa Catarina

Resumo

Indicadores de atividade econômica são importantes para os governos, instituições financeiras, grupos empresarias entre outros, pois mostram uma fotografia dos movimentos econômicos recentes. A ausência de um indicador síntese do produto agropecuário catarinense motivou a pesquisa e levou aos resultados desse trabalho. Foram desenvolvidos indicadores de evolução de volume e preços da produção e uso de insumos da atividade agropecuária, permitindo evoluir o valor adicionado da agropecuária de Santa Catarina. A análise do indicador e os dados apresentados nesse trabalho são referentes aos anos de 2007 a 2017. Verificou-se grande aderência do indicador criado com o calculado e divulgado pelo IBGE.  O indicador de volume agregado do valor adicionado mostrou uma expansão de aproximadamente 30% entre 2007 e 2017. Considerando os segmentos da agropecuária, as lavouras cresceram entre 2007 e 2017 21,6%, a pecuária 44,3%, a Floresta 39,4% e a Pesca 100,2%. Para o período em análise, verificou-se grande importância dos preços no crescimento do valor adicionado, chamando a atenção para essa variável na formação da renda agropecuária. Os resultados também apontam para um crescimento da participação da pecuária no valor adicionado da agropecuária do estado, tomando espaço especialmente do setor florestal.

Referências

ALVES, E.; LOPES, M.; CONTINI, E. O empobrecimento da agricultura brasileira. Revista de Política Agrícola, 8, Jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 08 Mar. 2018.
AQUINO, J. G. P. Dimensões, características e desafios das cadeias agropecuárias do estado de Santa Catarina, 2016. 93p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Economia e Relações Internacionais, UFSC, Florianópolis, 2016.
BLOEM, A. M.; DIPPELSMAN, R. J.; MAEHLE, N. O. Quarterly national accounts manual: concepts, data sources, and compilation. Washington, D.C.: International Monetary Fund, 2001.
CEPEA - CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA. Relatório PIB Agro - Brasil. Disponível em: . Acesso em: 27 set 2014.
EPAGRI – EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL DE SANTA CATARINA. Preços médios de produtos agrícolas recebidos pelos agricultores. Florianópolis, 2018. Disponível em: < http://www.epagri.sc.gov.br/?page_id=2711 >. Acesso em: 27 abr. 2018.
FEIJÓ, C. A.; RAMOS, R. L. O.; LIMA, F. C. G. de C.; FILHO, N. H. B.; PALIS, R. Contabilidade Social: referência atualizada das Contas Nacionais do Brasil. 3ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.
FURTUOSO, M. C. O.; GUILHOTO, J. J. M. Estimativa e mensuração do produto interno bruto do agronegócio da Economia Brasileira, 1994 a 2000. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, v. 41, n. 4, p. 803-827, 2003.
https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/contasnacionais/2014/default.shtm
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Agropecuário: 1995-1996. Santa Catarina. Rio de Janeiro: IBGE, 1997.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sistemas de Contas Nacionais. Rio de janeiro, 2016. Disponível em: < https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/contasnacionais/2014/default.shtm>. Acesso em: 15 dez 2018.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sistemas de Contas Regionais. Rio de janeiro, 2016. Disponível em: < https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/contasregionais/2014/default.shtm>.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Agrícola Municipal. Rio de Janeiro, v. 43, 2016a. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2018.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa da Pecuária Municipal. Rio de Janeiro, v. 44, 2016b. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2018.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Trimestral do Abate de Animais. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2018.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Trimestral do Leite. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2018.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. POG - Produção de Ovos de Galinha. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2018.
IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Produção da extração vegetal e da silvicultura. Rio de Janeiro, v. 31, 2016c. Disponível em: < https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/economicas/agricultura-e-pecuaria/9105-producao-da-extracao-vegetal-e-da-silvicultura.html?=&t=o-que-e>. Acesso em: 09 abr. 2018.
MAZZUCCO, B. L. C. Padrões de geração, apropriação e absorção do produto social em Santa Catarina: um estudo a partir de uma matriz de contabilidade social, 2013. 77p. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Economia e Relações Internacionais, UFSC, Florianópolis, 2013.
MIELE, M.; MIRANDA, C. R. de. O desenvolvimento da agroindústria brasileira de carnes e as opções estratégicas dos pequenos produtores de suínos do Oeste Catarinense no início do século XXI. In: CAMPOS, S. K.; NAVARRO, Z. (Org.). A pequena produção rural e as tendências do desenvolvimento agrário brasileiro: ganhar tempo é possível? Brasília, DF: CGEE, 2013. p. 201-229.
MONTOYA, M. A.; FINAMORE E. B. Evolução do PIB Agronegócio Brasileiro de 1959 a 1995: uma Estimativa na Ótica do Valor Adicionado. Teoria e Evidência Econômica. Passo Fundo: FAEC/UPF, v. 9, n. 16, p. 09-24, 2001.
TESTA, V.M; NADA, R.; MIOR, L. C.; BALDISSERA, I. T.; CORTINA, N. O desenvolvimento sustentável do Oeste Catarinense. Florianópolis: EPAGRI, 1996, 247p. (Proposta para discussão).
Publicado
2020-08-25