Voltar aos Detalhes do Artigo Demanda residencial por energia elétrica no Brasil (2004-2015) Baixar Baixar PDF